Olá, sê bem-vindo à comunidade da Tuga Vicio!

Em primeiro lugar para te juntares à nossa comunidade terás de te registar no nosso Forum.

Só tens acesso ao nosso conteúdo depois de te registares.

Vêm ver o que temos para ti.

Tuga Vicio... O melhor edit para os teus jogos!


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se




 

[Informação] Como criar o melhor sistema táctico no FM16? (FM2016)

 







Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

avatar

Moderadores Gerais
Como criar o melhor sistema táctico no FM16? (FM2016)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


creditos

fmagents



info

O futebol tem de ser pensado ao ínfimo pormenor. Esta é a percepção que cada treinador deve ter sobre o desporto rei.

Quando digo treinador, talvez deva reformular e referir antes que qualquer adepto do futebol deve perceber que as soluções aparentemente simples em campo que se transformam em golo são as que dão mais trabalho a operacionalizar em treino.

Como diz Júlio Garganta, professor universitário e pensador do futebol, "o bom futebol joga-se com ideias enquanto que o mau futebol joga-se com más ideias ou sem ideias".

Esta visão permite-nos perceber que o futebol tem muito ainda para ser inovado, compreendido e criado. Da periodização às acções técnico-tácticas em treino com maior transfer para o jogo competitivo, das soluções nutricionais à fisiologia do treino, etc...

Ou seja, poderíamos afirmar inúmeras áreas que o treinador de futebol tem de estar convicto dos seus saberes e que estão a ser investigadas diariamente.

Nesta perspectiva de evolução encontra-se também o Football Manager, onde as inovações que o jogo traz de ano para ano permitem aumentar a aproximação à realidade desportiva.


Tal como referiu Miles Jacobson no seu twitter, o sistema de funções tácticos do Football Manager 2016 foi uma das funções que foi mais trabalhada em relação ao jogo do ano passado.

Assim, achei por bem partilhar um artigo do MichaelAndrews no fórum do CMPortugal onde ele explica de forma muito fácil todas as funcionalidades tácticas do Football Manager 2016.

Após a leitura deste artigo vais ser capaz de criar o melhor esquema táctico para a tua equipa, e assim, levar a tua equipa a atingir excelentes resultados durante a época.

Como Criar o Melhor Esquema Táctico do Football Manager 2016 - "Os Automatismos no Football Manager"

"Decidi criar este tópico porque acho que o pessoal continua a desconhecer ou a esquecer que a construção de um esquema táctico no Football Manager obedece a uma determinada estrutura, com instruções primárias e secundárias.

Espero que de uma vez por todas possam ser esclarecidos alguns mal-entendidos e elucidar algumas dúvidas que (ainda) possam existir.A primeira questão que devem colocar a vocês próprios é:



“Como quero a minha equipa a jogar ?”


A resposta a esta questão passa obviamente por ter em conta as características dos vossos jogadores (as funções mais adequadas que podem ser encontradas no relatório da equipa).

Não se trata porém de algo a respeitar obrigatoriamente, considerando que os jogadores podem sempre ser treinados quer em posições novas, quer em funções novas.

Fundamentalmente, trata-se da velha questão:

Será o modelo de jogo que se adapta aos jogadores ou deverão ser  os jogadores que se adaptam ao modelo de jogo?


Parte de cada um de vós, ambas as opções são válidas.

Mas o “como quero a minha equipa a jogar” obedece, claro, a indicações que sejam coerentes e respeitem a vossa ideia de jogo.



Instruções Primárias do Esquema Táctico no Football Manager?


A base de qualquer esquema táctico no Football Manager passa pela Mentalidade e pela Formação de Equipa e a estas somam-se as funções atribuídas aos jogadores.

A Mentalidade, desde logo, define algumas instruções à equipa que passam pela largura em campo, tipo de passe, ritmo de jogo, posicionamento da linha defensiva e o assumir do risco / urgência tanto na circulação de bola, como na criação e concretização de oportunidades de golo.

Assim, mentalidades mais defensivas (Contenção / Defender / Contra-Atacar) definem uma largura (espaço horizontal entre jogadores) mais curta, um ritmo de jogo (Intensidade / Tempo) mais baixo, uma linha defensiva mais baixa e um passe mais directo / longo nos jogadores defensivos e mais curto nos jogadores ofensivos.

Em simultâneo, a equipa assume menos riscos no passe e no remate, preferindo aguardar por linhas de passe mais seguras e por rematar à baliza quando surgem oportunidades efectivas de o fazer.

Por oposição, as mentalidades mais ofensivas (Controlar, Atacar, Sobrecarregar) definem uma largura maior, um ritmo de jogo mais alto, linha defensiva mais alta e um passe mais curto nos jogadores defensivos e mais directo nos jogadores ofensivos.

Ao mesmo tempo, a equipa assume mais riscos no passe e torna-se muito menos paciente na tentativa de criar oportunidades de golo e no remate à baliza adversária.

Desde logo, a Mentalidade estipula automaticamente um conjunto de instruções que vão ao encontro da vossa ideia de jogo.

A Formação de Equipa (antigamente, Filosofia) tem implicações no processo de decisão dos jogadores (mais conhecida por Liberdade Criativa), mas também no espaço entre linhas / sectores.

Frequentemente é confundida com a Criatividade dos jogadores e com um maior ou menor cumprimento das instruções dadas, o que é profundamente errado.

Se pretendemos maior fluidez, estamos simplesmente a indicar aos jogadores que pretendemos que em campo executem MAIS do que a sua função e tarefa definem; se pretendemos menor fluidez, a indicação é para que circunscrevam a sua acção em campo ao que a sua função e tarefa definem.

Daqui resulta a indicação de ao recorrermos a funções mais especializadas, ser mais adequado uma menor fluidez precisamente para potenciar a função do jogador (por exemplo, um organizador de jogo ou um recuperador de bolas), portanto, mais funções especializadas, menor fluidez.

O facto de indicarmos aos jogadores que tenham uma participação maior do que aquela que é definida pela sua função e tarefa NÃO FAZ com que os jogadores deixem de obedecer às instruções – automatizadas e personalizadas.

Imaginem que coordenam uma equipa de pessoas no vosso trabalho, por exemplo, uma equipa de limpeza em que uma pessoa é responsável por aspirar, outra por varrer, outra por limpar o pó, etc., etc.

Uma maior fluidez cria mais grupos, ou seja, a pessoa que aspira também deve varrer (e vice-versa) e a que limpa o pó, também deve lavar as janelas. Assim, numa equipa Muito Fluída, todos devem fazer um pouco de tudo, inclusive a tarefa inerente à sua função.

Criar mais conjuntos também significa mexer com espaços, mas neste caso são os espaços verticais ou o distanciamento entre sectores. Uma equipa mais fluída torna-se mais compacta, pois diminui o espaço entre linhas; uma equipa menos fluída gera / cria mais espaço entre sectores.

Se pensarmos que um dos principais fundamentos no futebol é a gestão de espaços – os que a nossa equipa tem capacidade criar e de bloquear ao adversário - então a Formação de Equipa é realmente uma peça fundamental da vossa ideia de jogo.

E se estão a pensar perguntar “então e qual é a melhor solução?” a única resposta possível é “qualquer uma das duas”.

Uma equipa mais compacta pode reduzir espaços ao adversário mas, por outro lado, também pode ter mais dificuldade em circular a bola por ter os sectores demasiado juntos.

Daí a melhor sugestão ser começarem com uma Mentalidade Normal e uma Formação de Equipa Flexível, utilizando os jogos de pré-época para fazerem os ajustes necessários ao vosso modelo de jogo.



As Fases de Construção de Jogo no Football Manager


Hoje em dia o futebol é definido por quatro momentos: organização defensiva, transição ofensiva, organização ofensiva e transição defensiva.

De uma forma simples, a organização defensiva refere-se à postura da equipa quando não tem bola; a transição ofensiva ao comportamento que a equipa assume no momento em que recupera a bola; a organização ofensiva à postura quando tem a bola; a transição defensiva ao comportamento que a equipa assume quando perde a bola.

Ou seja, temos dois momentos imediatos à perda / recuperação da bola e dois momentos com e sem bola.

No Football Manager estes quatro momentos são definidos por: organização defensiva = esquema táctico; transições ofensiva e defensiva (instruções à equipa, aos jogadores, ao adversário); organização ofensiva (funções e tarefas dos jogadores).

O vosso esquema táctico que visualizam na aba de tácticas refere-se SEMPRE à forma como a equipa se posiciona a defender.


Instruções Secundárias

Apenas um breve apontamento às instruções à equipa, jogadores e adversário que funcionam como simples afinações ao que definiram anteriormente, tendo em conta as instruções não editáveis e que estão associadas a cada função e tarefa dos jogadores.

Uma diferença significativa verifica-se nas instruções à equipa e nas instruções ao adversário: enquanto as primeiras são maioritariamente com bola, as segundas são sem bola."




___________________________________________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Ver perfil do usuário
avatar

Member Regular
Excelente info obrigado pelo tempo e dedicação

Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum

 



IPB Skin By Virteq